Blogroll

               

08 outubro 2015

2018 é logo ali


Começam hoje as eliminatórias Sulamericanas para a Copa do Mundo da Rússia 2018. Contando com a participação das dez seleções mais tradicionais do continente. Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Uruguai, Paraguai, Equador, Peru, Venezuela e Bolívia disputam entre si quatro vagas diretas para o mundial, a quinta melhor colocada disputa uma repescagem com uma equipe da Oceania.

Faremos aqui uma breve análise sobre cada seleção e a perspectiva para a competição.



       Brasil 

Sempre favorita em qualquer competição que disputa a seleção brasileira vem cheia de interrogações para mais uma eliminatória, ainda tentando espantar o fantasma dos 7 a 1, a equipe liderada por Dunga conta sempre com o protagonismo de Neymar para tentar a classificação, porém o craque do Barcelona não jogará nas duas primeiras partidas.

Colocação na última eliminatória : Não disputou por ser o país sede do mundial 2014.






      Argentina

  
Atual vice campeã Mundial e da Copa América, os "hermanos" mais uma vez são favoritos para uma das vagas do continente, porém, deverá ter um começo conturbado, com a ausência de Messi, lesionado, a carga de carregar o time ficará para Aguero e Dí Maria. O técnico Tata Martino já tem seu trabalho contestado e não terá vida fácil ao longo do torneio.

Colocação na última eliminatória: Primeiro colocado






                Chile

Os chilenos, donos talvez do melhor futebol do continente, entram mais fortes do que na competição. Atuais campeões sulamericanos, "Los Rojos" prometem muita qualidade técnica e disposição física na luta por uma das vagas. O bom momento vivido por Alexis Sánchez é a principal arma da equipe, além claro do ótimo Jorge Sampaoli à beira do campo.     
                                      Colocação na última eliminatória: Terceira Colocado










          



             Colômbia                                                 


A Colômbia tem talvez a seleção mais promissora do continente, James Rodríguez, Cuadrado e Falcão García são a força maior da equipe comandada pelo argentino José Pekerman, as recentes boas atuações nas eliminatórias passadas, além da ótima Copa do Mundo dão a certeza de que uma das vagas será dos colombianos.

Colocação na última eliminatória: Segundo Colocado





   Uruguai

A celeste mais uma vez não deverá ter vida fácil nessas eliminatórias,. Com Suárez e Cavani supensos no começo da caminha, ambos estão fora dos dois primeiros jogos, Oscar Tabarez se viu obrigado a renovar seu plentel, convocou os jovens Jonatan Rodriguez e o ótimo Gaston Pereiro. Fortes emoções aguardam os uruguaios.

Colocação na última eliminatória: Quinto Colocado (repescagem)






           Equador

O Equador terá que superar muitas falhas técnicas e coletivas para conquistar a vaga e conseguir a classificação, a equipe liderada pelo experiente Valencia, conta com os gols de Miller Bolaños, para tentar sua segunda participação seguida em mundiais.

Colocação na última eliminatória: Quarto Colocado






            Paraguai


Sofrendo com a falta de novos talentos no futebol paraguaio, a seleção comandada por Ramon Diaz, não contará com o bom goleiro Justo Villar e com o veterano Roque Santa Cruz nos dois primeiros jogos. A esperança de classificação cairá sobre os pés de Lucas Barrios e Oscar Romero.

Colocação na última eliminatória: Nono Colocado 





              Peru


Ricardo Garega tem a complicada missão de levar a seleção a uma Copa do Mundo, feito que não acontece desde 1982. E a caminhada não será nada fácil, liderados por Farfan e Guerreiro, os peruanos tentam quebrar esse incômodo tabu.

Colocação na última eliminatória: Sétimo Colocado







   Venezuela

Nos últimos anos a Venezuela tem evoluído e vem mostrando um futebol digno, as corriqueiras goleadas sofridas há algum tempo atrás, agora são cada vez mais difíceis de acontecer. Ainda assim os venezuelanos terão que mostrar muito futebol para superar seus adversários e conquistar uma vaga para a Copa de 2018. O atacante Rondon é a principal esperança de gols para a seleção.

Colocação na última eliminatória:  Sexto Colocado






              Bolívia


O posto de "pior seleção do continente" hoje é ocupado pelo Bolívia. A seleção que acumula seguidos fracassos tem chances remotas de classificação para o Mundial, principalmente após a saída de Marcelo Moreno da equipe, o protagonismo e responsabilidade agora recaem Chumacero, o bom volante tem a árdua missão de liderar a seleção nessas eliminatórias.

Colocação na última eliminatória: Oitavo Colocado

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

c