Blogroll

               

27 fevereiro 2016

FORZA, MILAN: na luta pelo retorno a competições europeias


Longe de ser o grande time vitorioso das últimas décadas, longe dos holofotes dos grandes jogos da Uefa Champions League, o Milan tenta se reerguer dentro do Campeonato Italiano, o Calcio Série A TIM. Com um investimento bem menor do que os grandes da Espanha, Inglaterra e até da conterrânea e rival Juventus, o rossonero começou a temporada 2015/2016 da mesma forma como terminou a temporada passada, tropeçando nas próprias limitações.
Jogadores comemorando junto a torcida após triunfo contra a Inter


Derrotas para Fiorentina, Inter, Napoli (dentro de casa, por 4x0), foram sintomáticas para uma equipe que estava em plena formação dentro da competição. O técnico Sinisa Mihajlovic chegou a balançar no cargo e a torcida milanista via mais uma vez o Milan se apequenando dentro do nacional.

MUDANÇAS NO TIME, MUDANÇA NO ESPÍRITO DA EQUIPE 


Algo teria que ser feito para que o rossonero voltasse a brigar por algo dentro da competição. Pensando nisso, o comandante do milanista mexeu em algumas peças importantes, a começar pelo gol. Gianluigi Donnarumma, uma jovem promessa do clube de apenas 16 anos (recém completou 17), se tornou titular, barrando os veteranos Diego Lopez e Abbiati.

Além disso, o zagueiro francês Mexés perdeu espaço para o também jovem, Alessio Romagnoli. Na esquerda Antonelli assegurou a titularidade, No meio campo o Milan trouxe o eslovaco Juraj Kucka.

Pronto, Mihajlovic fez o que deveria ser feito, colocou juventude, qualidade e experiência para o Milan, que ainda contou com a boa fase do seu maestro, Bonnaventura e do seu artilheiro, Carlos Bacca.

SEQUÊNCIA POSITIVA E CHANCE DE CLASSIFICAÇÃO A UCL


Com esse time, os rossoneri  estão invictos no segundo turno do Italiano. Não só isso, a equipe dentro de campo mostra sinais de crescimento e que pode incomodar os lideres em busca de uma classificação para a Champions, coisa que não acontece há duas temporadas.

Se no primeiro turno as derrotas foram sintomáticas, no returno a invencibilidade também. Triunfos contra a Fiorentina, Inter (por 3x0, fora o baile) e um empate fora de casa com a vice-líder Napoli.

Já são 5 vitórias e dois empates no segundo turno do Calcio, sexto colocado, um ponto atrás da Inter, que ainda vai jogar na rodada, primeira equipe que hoje estaria classificado para a Liga Europa, e seis atrás do G3, grupo que se classifica para a Champions (pode ficar oito, caso a Fiorentina vença o Napoli). Se contarmos com os dois últimos jogos do primeiro turno e dois da Copa Itália, já são 11 jogos sem perder.

Jogadores como Balotelli, Boateng e Menéz, que voltaram de contusão, enriquecem e fortalecem ainda mais a equipe, fazendo os torcedores sonharem com vôos mais altos.

COPA ITÁLIA

Além de um bom crescimento no Calcio, o Milan vai muito bem na Copa Itália. Semifinalista, coisa que não acontecia desde a temporada 2010/2011, o rossonero tem tudo para chegar a final da competição, já que venceu a partida de ida por 1x0, fora de casa enfrentando a Alessandria, time da terceira divisão italiana.


Se chegar a final a equipe terá a chance de conquistar o troféu que não vem desde a temporada 2002/2003, de quebra, conquista uma vaga na Liga Europa.


OUTROS NÚMEROS 

• Desde que assegurou a titularidade do gol do Milan, o jovem Donnarumma é o terceiro goleiro menos vazado, atrás apenas das líderes Juventus e Napoli.

• Vivendo uma ótima fase, o colombiano Carlos Bacca se tornou o vice-artilheiro do Calcio com 13 gols marcados.

• Se Bacca é artilheiro ele tem que agradecer muito ao maestro da equipe, Bonnaventura. O italiano é o líder em assistências no Calcio.

• Outro quesito que é dominado por um rossonero é o de roubadas de bola. O capitão Ricardo Montolivo é o maior ladrão de bola.


Números que mostram o crescimento da equipe. É evidente que ainda está longe de ser aquele rossonero multi-campeão, mas essa temporada pode ser um ponta pé inicial para a volta dos anos gloriosos. 

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

c