Blogroll

               

01 março 2016

Leonardo, um leão que foi para o céu



No futebol, muitas vezes, jogadores vem e vão, usam clubes para ganhar dinheiro e não valorizam as camisas que vestem. Nos tempos atuais de China, Catar e outros países sem tradição no futebol, poucos jogadores viram ídolos de um clube brasileiro.
Muitos atletas se destacam por apenas um clube em sua carreira, ninguém sabe explicar o motivo, mas ele não rende com outra camisa. Um desses exemplos é Leonardo, atacante que fez história no Sport, e que faleceu dia 01/03/2016. 
De acordo com a médica do Hospital da Restauração, Fátima Buarque, que tem acompanhado Leonardo desde o início de sua internação, a morte do ex-atacante foi por falência múltipla dos órgãos.
 -Ele faleceu agora. Teve falência múltipla dos órgãos e não teve condições nem de fazer a hemodiálise hoje por conta do seu estado - disse ela.
Natural de Picos, no Piauí, foi na capital pernambucana onde ele mais brilhou e construiu toda a sua vida. Leonardo saiu para se aventurar no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e em São Paulo, por exemplo, mas sempre retornava para onde era mais feliz: a Ilha do Retiro. 
Na famosa Ilha, ele fez inúmeros gols, marcou história e conquistou vários títulos, mas foi mais do que isso, foi paixão, reciprocidade e uma sintonia sem tamanho. 
Com a camisa rubro-negra foram 136 gols, o que o torna o terceiro maior artilheiro da história do Sport. Só perde para Traçaia e Djalma, que foram  nas décadas de 50 e 60, respectivamente, fizeram mais que isso. 
Alguns jogam marcam a trajetória do matador no Sport, e um deles é pela Copa João Havelange de 2000, quando o Leão massacrou o Atlético/MG por 6x0, no Mineirão, com direito a cinco gols de Leonardo. 
                          Atlético 0x6 Sport - (Vídeo: Paixão Rubro-Negra)
Outra marca que coloca Leonardo no topo dentro do clube é a de títulos conquistados. Ao todo são oito, com duas Copas do Nordeste (1994 e 2000) e seis Campeonatos Pernambucanos (1994, 1997, 1998, 1999 e 2000). O recordista de títulos com a camisa do Leão é Magrão, com oito no total.
O ídolo se vai, mas a lenda fica viva na memória dos rubro-negros!

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

c