Blogroll

               

21 abril 2016

Fluminense, o campeão "esquecido" da Primeira Liga

A Primeira Liga começou em meio a polêmicas com a CBF, FERJ e alguns clubes que não participaram. Com a proibição da mandatária do nosso futebol, a competição se fortaleceu nas redes sociais e bons públicos com ingressos a preço popular marcaram as rodadas inaugurais do certame.
Entretanto, com o desenrolar dos jogos, a copa foi ficando defasada devido a distância das datas dos jogos, além do afunilamento da Libertadores e dos Estaduais. 
É preciso aprender algumas lições e lapidar a competição para os anos subsequentes para que seja uma das principais ligas do primeiro semestre dos clubes brasileiros.
A final foi esquecida pelo público brasileiro e deixada de lado por jogos sem tanto apelo, mas não tira o mérito e nem a conquista do Fluminense.  



Fluminense campeão




O Tricolor das Laranjeiras conquistou a edição inaugural da Primeira Liga e isso deve ser valorizado. Mesmo com polêmicas extra campo, mudança no comando técnico e quase saída de Fred, o clube carioca fez uma campanha segura e levantou a taça para quase 30 mil pessoas em Juiz de Fora. 
Na primeira fase, o Tricolor estreou com derrota para o próprio Atlético/PR, mas deu a volta por cima e se classificou em primeiro com duas vitórias: um 4x3 épico contra o Cruzeio no Mineirão e uma segura vitória por 2x0 sobre o Criciúma. 


4x3 com show de Diego Souza em pleno Mineirão.

Na semi-final, o Flu desbancou o Internacional em Brasília ao vencer o Colorado nos pênaltis por 3x2. Mesmo passando por dificuldades no estadual, a equipe chegou a final disposta a conquistar esse título inédito para o clube.
Na decisão, um jogo aberto e bem jogado pelas agremiações. O Fluminense apostava nas jogadas pelos flancos e o Atlético tentava o contra-ataque com Nikão, Walter, Marcos Guilherme e Vinicius. O Furacão teve chances com Walter e chegou a colocar uma bola na trave de Diego Cavalieri, mas foi o Tricolor que fez com Marco Júnior. 
Na segunda etapa, o Flu tomou conta do jogo e com as mudanças de Levir Culpi fez o gol que levou a taça para as Laranjeiras. Marco Júnior entrou no lugar de Osvaldo e fez a festa da torcida. 
A comemoração dos jogadores e da torcida mostram o quanto estavam levando a sério a competição. 



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

c