Blogroll

               

23 abril 2016

O Caxias de Tite

Muita gente defende o fim dos campeonatos estaduais, mas não lembram que vários clubes tradicionais e de torcida apaixonada dependem dessas defasadas competições para sobreviver. 
Em 2016, o Campeonato Gaúcho conta com dois times do interior na semi-final. O Juventude que venceu o Grêmio por 2x0 no jogo de ida e o São José que empatou em 0x0 com o Internacional. As duas equipes tem vantagem e podem fazer uma final histórica. 
Dessa forma, vamos lembrar a  última equipe do interior a ser campeã gaúcha: o Caxias de Tite!


Nessa temporada, o Caxias amarga a Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho e vai disputar a Série D do Campeonato Brasileiro, mas nem só de decepções vive o torcedor grená. O clube que leva o nome da cidade foi o último campeão gaúcho sem ser a dupla Gre-Nal e ainda revelou para o país um dos grandes treinadores do futebol brasileiro, Tite. 
Atormentado pelos sucessos do arquirrival Juventude, há muitos anos na Primeira Divisão do Brasileiro,campeão da Copa do Brasil 1999 e que havia sido o primeiro time do interior a ganhar o Gauchão em 50 anos, o time grená precisava dar a volta por cima. E conseguiu! Com um time jovem, consistente e comandado pelo desconhecido Tite, o clube foi copeiro e conquistou o estadual em cima do Grêmio de Ronaldinho Gaúcho, Zinho,Astrada e Paulo Nunes.

Campanha histórica

O título de 2000 foi o primeiro e único na história do Caxias, entretanto, a campanha foi histórica além desse fato, pois o esquadrão grená teve que passar por todas as fases, enquanto o Grêmio, Juventude e o Internacional jogavam a Copa Sul-Minas.
Naquele ano o estadual foi disputado em um octogonal em ida e volta, com os campeões de cada turno fazendo a decisão. Mas para chegar lá, o Caxias precisou se classificar em uma fase inicial somente com times do interior. A equipe só ficou atrás do Esportivo e avançou. 
Na segunda fase, a equipe só perdeu para o 15 de Novembro por 2x0. Nos outros jogos, venceu o Passo Fundo e desbancou seu rival em pleno Alfredo Jaconi por 1x0. Chegou a vencer o Internacional por 2x0 e na penúltima rodada um insano 4x3 contra o Santa Cruz garantiram a vantagem do empate na última rodada contra o Grêmio, no Olímpico.
Com um estádio lotado, repleto de estrelas como Danrlei, Zinho, Ronaldinho e os argentinos Astrada e Amato, o Grêmio era favoritaço. Uma vitória simples já deixava o Tricolor, então treinado por Antônio Lopes, classificado para a final. 
Só que o Caxias não quis nem saber e saiu na frente com um golaço de Ivair, sem chances para Danrlei. O Grêmio empatou ainda no primeiro tempo, com um gol de Amato, mas logo depois Jajá fez 2x1 para o Caxias.
A vitória classificou o time para a final.

Grêmio 1x2 Caxias em pleno Olímpico.

No segundo turno, o Caxias quase venceu novamente, mas viu o Grêmio conquistar o título e garantir vaga na final para enfrentar o esquadrão de Tite. 

Baile Grená e título em cima do Grêmio.

Na final, o Grêmio nem viu a bola e foi sapecado com um sonoro 3x0 no Centenário. Gil Baiano, Ivair e Márcio fizeram a festa da torcida Grená e garantiram a vantagem na final. No jogo de volta, o Grêmio não conseguiu penetrar no esquema montado por Tite e viu o Caxias comemorar seu único título do Campeonato Gaúcho.



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

c