Blogroll

               

02 maio 2016

Estaduais - o que cada equipe precisa fazer para levar o título

A parte boa dos estaduais são as finais e os jogos de ida de cada estado não deixaram a desejar. Apesar de algumas zebras eliminarem os grandes em alguns, os jogos foram nivelados e muito disputados. 



Confere os gols dos jogos de ida e o que cada equipe precisa fazer para levar o título.

Alagoano

CRB venceu por 2x0 o jogo de ida.

Diego e Neto Baiano marcaram os gols da vitória do CRB no clássico contra o CSA. Com a vitória, o Galo tem a vantagem do empate e pode perder por até um gol de diferença que fica com o título. O CSA precisa vencer por dois gols de diferença para levar aos pênaltis ou fazer 3x0 para ficar com o 
título. 

Baiano



O Vitória tem uma boa vantagem na final do baiano. O Rubro-Negro venceu o Bahia por 2x0 e com um empate é campeão. Gol fora de casa não serve como critério de desempate.
Bahia tem a vantagem de resultados iguais e precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeão.

Brasiliense


Com um Mané Garrincha praticamente vazio, o Luziânia bateu o Ceilândia por 2x0 e tem uma boa vantagem para ficar com o título.  Tatuí e Thiago Mariano marcaram os gols da vitória da equipe. Um empate ou derrota por um gol de diferença dá o título ao Luziânia.

Capixaba



No Espírito Santo, um estádio lotado assistiu o jogo de ida da final do estadual. O duelo entre Espírito Santo e Desportiva Ferroviária terminou 1x0 para a equipe grená. Com o resultado positivo, a Desportiva Ferroviária joga por um empate. Ao Espírito Santo, resta apenas vencer por dois ou mais gols de diferença. Em caso de uma vitória simples do Santão, a disputa da taça será nas cobranças de pênaltis.

Carioca


Jorge Henrique contou com a falha de Jefferson para deixar o Vasco em vantagem na final do Carioca.  Como os dois jogos são sem mando de campo, gol fora de casa não serve como critério de desempate.

O Vasco joga por um empate para ser campeão. O Botafogo precisa ganhar por dois gols de diferença. Se vencer por um, leva a decisão para os pênaltis. 


Catarinense



Ananias marcou o gol da vitória da Chapecoense e deu a vantagem ao Verdão na final do estadual. A Chape joga por dois resultados iguais então o JEC tem que vencer por dois gols de diferença para levar a taça. O empate garante a taça na Arena Condá.

Cearense



O Fortaleza é quem tem a maior vantagem nas finais dos estaduais. O Leão bateu o Uniclinic por 4x1 e pode perder por até três gols de diferença que fica com a taça. Lima, Anselmo, Juninho e Edimar marcaram os gols do Tricolor; Marcelo Amaral descontou.

Gaúcho


O Internacional largou na frente na final do Campeonato Gaúcho. O Colorado venceu o Juventude por 1x0 com gol de Andrigo e tem a vantagem do empate para levar o título. Há o critério de gol marcado fora de casa.

O Inter joga por um empate para ser campeão. O Juventude precisa ganhar marcando pelo menos dois gols. Se vencer por 1 a 0, leva a decisão para os pênaltis.


Goiano


No Campeonato Goiano, Anápolis e Goiás não saíram do 0x0 no primeiro jogo. No Serra Dourada quem vencer fica com o título em caso de empate a decisão vai para os pênaltis. 

Mineiro


Em Minas, o América/MG venceu o Atlético por 2x1 e tem a vantagem do empate para conquistar o título. Danilo marcou os dois gols do Coelho enquanto Lucas Pratto descontou. O Atlético, que teve a melhor campanha, será campeão se vencer a partida.

Paranaense


O Atlético/PR abriu ótima vantagem ao vencer o Coritiba por 3x0 na Arena da Baixada. Gol fora de casa não serve como critério de desempate.O Atlético pode perder até por dois gols de diferença para ser campeão. O Coritiba precisa vencer por quatro ou mais. Se vencer por três, leva a disputa para os pênaltis.

Paulista


Osasco Audax e Santos empataram em 1x1 no jogo de ida do Campeonato Paulista. Mike abriu o placar para o time de Osasco e Ronaldo Mendes empatou a partida para o Peixe. Há o critério de gol marcado fora de casa.

Quem vencer é campeão. Se empatar, a decisão vai para os pênaltis.

Potiguar


O jogo mais alucinante das finais dos estaduais foi no Rio Grande do Norte. O maior clássico do estado terminou empatado em 3x3 e a decisão fica para o segundo duelo. Mecão abriu 2 a 0 no primeiro tempo, cedeu empate ao Alvinegro, volta a ficar na frente com gol marcado por Flávio Boaventura, mas Márcio Passos novamente empatou, aos 48 minutos do segundo tempo. Quem vencer fica com o título e em caso de empate a decisão vai para os pênaltis.

                                            Sul-Mato-grossense

No Mato Grosso do Sul, o Sete de Dourados saiu na frente pelo título do estadual. Peu e Tity fizeram 2x0 para o Sete e Aloísio Chulapa descontou para o Comercial. Agora, o Sete pode empatar no próximo domingo que fica com o troféu inédito. O Colorado conquista o título se vencer por qualquer diferença no placar.



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

c