Blogroll

               

05 maio 2016

Zidane segue conquistando seu espaço


Zinedine Zidane sempre se caracterizou pela excelência, em campo era notado e reconhecido por sua genialidade com a bola nos pés, fazia o jogo acontecer, sempre consagrava seus companheiros em condições de marcar gols, também fazia os seus, e claro, distribuía seu ótimo futebol pelos gramados. Quando se aposentou deixou uma lacuna no meio campo da Seleção Francesa e do Real Madrid e a saudade em que o acompanhava para ver o jogo bem jogado. 

Foi então que o francês partiu para a vida no banco de reservas, foi estudar, se preparou, fez cursos de aprimoramento, e ganhou a tão sonhada chance no clube pelo qual se aposentou. Nos merengues recebeu a oportunidade de treinar a equipe B, o Real Madrid Castilla. Não foi tão bem quanto o esperado, a vida fora das quatro linhas é árdua, seu sucesso não depende tão somente de seus passes milimétricos ou de seus chutes precisos, acabou caindo. 

Mesmo diante disso e do fracasso que havia sido a contratação de Rafa Benítez, a direção do Madrid resolveu apostar no seu ídolo para comandar o time na sequência da temporada, talvez com a ideia de demiti-lo tão logo encerasse as competições europeias para o clube.

Zizou aceitou o desafio, cercado de incertezas e sob o olhar crítico da imprensa espanhola, aos poucos ele foi mudando e moldando o panorama à seu favor. Conseguiu dar um sopro de esperanças ao clube na disputa do campeonato espanhol, hoje só dois pontos separam sua equipe do líder Barcelona (a distância já foi bem maior), e o principal, levou o time pra final da UEFA Champions League, o principal e mais importante torneio pra qualquer clube europeu. 



Se for campeão será ótimo para ele, entrará num seleto rol de jogadores que conseguiram levantar a taça européia dentro e fora de campo, mas o principal ele já alcançou, conseguiu o respeito merecido que lhe é devido, Zidane mostrou que tem condições de comandar qualquer equipe.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

c