Blogroll

               

15 junho 2016

Pray For Orlando - Orlando City dando exemplo

Enquanto alguns clubes fazem vista grossa para os problemas sociais, inclusive com jogadores agredindo sua esposa, vide Wescley no Ceará, o Orlando City segue na contra mão e sempre se envolve no âmbito social.




O massacre de ódio e terror ocorrido na boate gay de Orlando não pode ser limitado à territorialidade dos EUA. Atinge a todos que defendem os direitos humanos universais, lutam contra o discurso de ódio e se unem na defesa dos direitos das minorias.

Toda pessoa que é homofóbica também é machista, é racista. Eles professam, na verdade, a violência contra quem pensa “diferente”, e essa é uma questão inaceitável.


A intolerância cresce ao mesmo tempo que a globalização se espalha. Muitos clubes de futebol não sabem o "poder" que tem sobre a sociedade e poderiam usar isso para um mundo mais justo. 


Pensando nisso, o Orlando City promoverá ações para conscientizar que todos tem o mesmo direito e ajudar as vítimas do atentado que matou 50 pessoas. 

Os Lions volta a campo pela MLS no próximo sábado, depois de três semanas sem atuar, mas o clima no Camping World Stadium não será de festa. 
Em parceria com outras quatro equipes esportivas da cidade, o Orlando City endossou a campanha #OrlandoUnited. Na partida de sábado, a equipe colocará à venda camisas e pôsteres da causa, além de leiloar uniformes utilizados pelos jogadores no jogo. Toda a renda obtida com essas ações será reverterá toda ao fundo Orlando One, criada pela prefeitura da cidade para dar apoio às vítimas do ataque.
O clube também homenageará as vítimas através de camisas especiais, que serão utilizadas pelos jogadores no aquecimento e pela equipe de trabalho. A camisa de jogo terá a logomarca #Orlando United. No decorrer da partida, o sistema de som será cortado por trinta segundos para reflexão. Os médicos, bombeiros e policiais que prestaram socorro às vítimas serão homenageados em uma cerimônia antes do jogo.

O clube anunciou ainda uma doação, através da Orlando City Foundation, ao fundo Orlando One, no valor de cem mil dólares. Os Lions também terão uma área de seu novo estádio, que está em construção, dedicada às vítimas, chamada de “Memorial Arco-Íris”.



 

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

c