Blogroll

               

08 julho 2016

O dia em que El loco Bielsa ameaçou a torcida com uma granada


Marcelo Bielsa é argentino, natural de Rosário, torcedor e apaixonado pelo Newell's Old Boys, clube daquela região, no NOB começou sua carreira como jogador e também como treinador. Em campo foi um zagueiro linha dura e de jogadas ríspidas, no banco busca a posse de bola e o jogo bonito sempre. O aclamado Pep Guardiola não esconde sua admiração, respeito e inspiração no técnico portenho. 

"El loco" é um daqueles personagens marcantes que o futebol proporciona para quem acompanha o esporte. Excêntrico, carismático, explosivo, genial, arrogante, fiel, todas essas qualidades e defeitos numa só pessoa, num só pacote, quem tem Bielsa como comandante sabe que ali se encontra uma figura ímpar. Suas histórias ao longo de sua trajetória no futebol são diversas e por vezes hilárias, são causos e mais causos, alguns com maior destaque que outros como no dia em que ele quase arremessou uma granada nos torcedores do Newell's.

O episódio da granada

O ano era 1992 o time rosarino disputava a libertadores e tinha uma equipe forte, Bielsa já havia vencido o tri campeonato argentino para os leprosos (1990/1991/1992), além de uma Copa da Argentina em 1992. Porém o futebol é uma gangorra, e assim como conseguiu grandes feitos, também obteve grandes derrotas, o rendimento de sua equipe caiu e na na libertadores daquele ano, ainda na fase de grupos, o Newell's enfrentou o San Lorenzo em casa, a expectativa era de vitória, mas a derrota veio e de goleada, "los cuervos" meteram um 6 a 0 impiedoso nos rubro negros do Newell's, a torcida leprosa foi então em busca dos culpados, e sobrou para o treinador, Bielsa foi logo taxado como responsável pela derrota humilhante em casa. Os torcedores foram até sua residência cobrar satisfações, mas o que não esperavam era a reação inusitada de Bielsa. Ao ver o grupo que lhe pressionava em sua casa, El loco saiu na porta com uma GRANADA e disse: "Si no se van ahora mismo, saco la espoleta y se la tiro". A hinchada que estava presente no local não duvidou da alcunha do treinador e foram embora do local. Um torcedor que esteve presente no dia chegou a dizer: "Podíamos esperar a que saliera con una escopeta, nunca con una granada".

Após o episódio o treinador resolveu permanecer na equipe e levou o time ao vice campeonato da competição naquele ano, perderam a final pro São Paulo de Telê Santana, mas antes, nas quartas de final, enfrentaram o mesmo San Lorenzo e eliminaram os rivais nacionais, em uma das duas partidas golearam "los matadores" por 4 a 0



O vídeo da derrota que gerou toda a confusão:








Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

c