Blogroll

               

25 julho 2016

Verminosos por camisas de futebol e as peças raras no nosso estado

A clássica camisa do Brasil de 94 - Foto: (reprodução / Verminosos por Futebol)

Mais de 100 pessoas foram prestigiar o 1° Encontro de Verminosos por camisa de futebol e o evento foi um sucesso. Quem compareceu, não esperava tantas raridades e diversidade entre os colecionadores de camisas.

O acervo contava desde os times do interior cearense ao leste europeu, com camisas usadas em jogos por craques e raridades dos clubes locais.

Para que o nosso seguidor, que não pôde comparecer, ficasse antenado ao que acontecia no evento, nós fizemos uma transmissão ao vivo via Facebook: Cobertura do evento.


     

A equipe do Verminosos Por Futebol, liderada pelo jornalista Rafael Luis, foi responsável pela organização do ótimo evento que reuniu colecionadores, admiradores e amantes do futebol em geral. Tivemos a exposição de camisas e artigos em geral, todos relacionados ao futebol.

As coleções eram bem variadas e diversificadas, iam desde clubes de futsal como o Sumov, passando por relíquias como a camisa da Rússia em alusão a luta contra o racismo, esta com apenas onze exemplares no mundo, e uma estava presente no evento.

                      


Todos os colecionadores levavam consigo além de raridades, histórias das mais ricas em detalhes, o amor pelo futebol foi capaz de colocar lado a lado na galeria representantes dos clubes cearenses. 

O professor de história Bruno Marques tinha uma das coleções mais inusitadas da exposição, o "mestre" nos brindou com suas raridades futebolísticas que como ele mesmo falou: "Insistem em permancer no tempo". Em sua ala haviam duas seções, uma só com camisas de clubes cearenses com menos apelo midiático como: Calouros do Ar, Icasa, Guarany de Sobral, Itapajé, Barbalha entre outros e uma seção com clubes de fora do estado e seleções mundo à fora como: Malásia, Bahrein, Egito, Brusque, Madureira, Maranhão, Imperatriz entre outros, o acervo de Bruno também continha documentos oficiais de alguns clubes.

 

 


Os jogadores cearenses também tiveram seu espaço no evento André Souza idealizador e administrador da ótima página Jogadores Cearenses no Mundo levou sua coleção pessoal para a exposição, entre eles se destacaram a camisa do meia Raffael, atualmente no Borussia Mönchengladbach, do atacante Wanderson do Krasnodar e do meia Willer ex jogador do Fortaleza.


                     


O evento como um todo foi muito bom e todos que foram ao local ficaram com a vontade de uma segunda edição que já foi confirmada pela equipe do Verminosos.

Equipe do Arena303 presente no evento com o "dono da festa"



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

c