Blogroll

               

29 agosto 2016

Série B: Seleção da 21ª rodada



Goleiro: Klever (Atlético Goianiense)

Após a saída de Márcio, o Atlético Goianiense parece que já encontrou um goleiro substituto a altura. Contra  Brasil de Pelotas. O arqueiro não levou gols. Além de fechar o gol durante toda a partida

Lateral-direito: Marcos Martins (CRB)

Foi ele quem deu um cruzamento perfeito na cabeça de Zé Carlos, que só teve o trabalho de emburrar para o fundo das redes.

Zagueiro: Igor Rabello (Náutico)

Em sua estreia pelo Náutico, Igor Rabellofoi impecável e se mostrou peça essencial dentro do esquema defensivo do técnico Alexandre Gallo.

Zagueiro: Luan (Vasco)

Luan vem se destacando no Vasco na disputa da Série B. Apesar dos dois gols sofridos no empate por 2 a 2 com o Tupi, o zagueiro teve uma boa atuação. Em uma bela jogada, marcou o gol de empate vascaíno após entortar o zagueiro adversário com um belo drible.

Lateral-esquerdo: Moisés (Bahia)


Moisés fez do lado esquerdo uma válvula de escapa do clube baiano. Muito seguro na defesa, construiu inúmeras oportunidades no ataque.


Volante: Patrick (Goiás)

O jogador fez seu papel como volante, conteve bem o avanço do adversário e ainda fez um bonito gol para assegurar o resultado à favor do Esmeraldino. 

Meia: Juninho (Bahia)

Foi posicionado para melhorar a saída de bola da equipe, e fez o trabalho com perfeição. Além de contribuir, e muito, com o meio de campo, se aventurou no ataque para deixar o seu. Depois, ainda rolou a bola para Allano fechar a conta.

Meia: Vinícius (Náutico)

Sem espaço no Atlético-PR, Vinícius voltou para o Náutico. Frente ao Vila Nova, fora de casa, criou as principais jogadas de ataque e ainda deu o passe que terminou em gol de Hugo.

Atacante: Léo Artur (Oeste)

Foi dos pés do atacante que saíram as principais chances de gol da equipe. Ele também sofre o pênalti, convertido por Crysan.

Atacante: Rômulo (Avaí)

 Um dos destaques do Leão da Ressacada foi o atacante Rômulo, que fez o primeiro gol do time visitante na partida logo aos 27 do primeiro tempo.

Atacante: Hugo (Luverdense)

Uma partida perfeita do atacante, com três gols e inúmeros dribles, chamou a responsabilidade e conduziu o Luverdense a vitória. É o artilheiro do time com sete gols.

Técnico: Júnior Rocha (Luverdense)

Júnior Rocha armou um Luverdense pronto para superar o Bragantino e voltar a vencer após oito tropeços seguidos.O treinador deu um verdadeira nó tático no adversário. 



25 agosto 2016

Os grupos da Liga dos Campeões 16/2017

Após várias fases eliminatórias, finalmente, a fase de grupos chegou. Com Ian Rush, um notável jogador galês, foi anunciado como embaixador da final da Liga dos Campeões desta temporada, que acontece em Cardiff, capital do País de Gales. 

Seedorf, Van Nistelrooy, Henry e Roberto Carlos sortearam os potes que traçaram os rumos da competição.

Alguns destaques, tais como: o confronto de Guardiola, pelo City, e Barcelona, Bayern de Munique e Atlético de Madrid, reedição da última semi-final e outros vários duelos interessantes. 

Resultado de imagem para Liga dos Campeões



GRUPO A: PSG, Arsenal, FC Basel e Ludogorets
GRUPO B: Benfica, Napoli, Dinamo de Kiev e Besikitas
GRUPO C: Barcelona, Manchester City, Borussia Monchengladbach e Celtic
GRUPO D: Bayern de Munique, Atlético de Madrid, PSV e Rostov 
GRUPO E: CSKA Moskow, Bayer Leverkusen, Tottenham e Mônaco
GRUPO F: Real Madrid, Borussia Dortmund, Sporting Lisboa e Légia Varsóvia 
GRUPO G: Leicester City, Porto, Club Brugge e FC Copenhagen
GRUPO H: Juventus, Sevilla, Lyon e Dinamo Zagreb

24 agosto 2016

Copa do Brasil: Guia das oitavas de final

A Copa do Brasil vai chegando a sua fase mais aguda, com a presença dos clubes que disputaram a Libertadores e o Internacional, que ficou em quinto lugar no último Brasileirão.
Com algumas surpresas e mais times da Série C do que da B, a competição mais democrática do país recomeça suas disputas após a pausa para as Olimpíadas.


Resultado de imagem para Copa do Brasil

São Paulo x Juventude - (Ida: 24/08 e Volta: 21/09)

Na Copa do Brasil, esse é um confronto inédito, mas as duas equipes já se enfrentaram 18 vezes na história. O duelo é equilibrado, mas o Tricolor leva vantagem, com sete vitórias, seis empates e cinco derrotas.

A maior goleada do confronto é do São Paulo, quando venceu a equipe gaúcha por 5x0, em 2006, no Morumbi.

O São Paulo entrou direto nas Oitavas de Final da competição, pois disputou a Libertadores no primeiro semestre, sendo eliminado na semi-final do torneio. Na Série A, a equipe ocupa a décima primeira colocação com apenas 27 pontos, sendo sete vitórias, seis empates e oito derrotas, com 22 gols marcados e o mesmo tanto sofrido.

Recentemente, a equipe teve o comando técnico trocado. Bauza assumiu a seleção argentina, enquanto o Tricolor acertou a volta de Ricardo Gomes, que estava no Botafogo/RJ.

O Juventude aposta na boa fase que vem atravessando para eliminar o São Paulo e continuar sonhando com o bicampeonato do torneio.

Na Série C, o clube alviverde defende uma invencibilidade de nove jogos, que o colocou na briga pelo acesso. Faltando quatro rodadas para o fim da fase de grupos, o clube gaúcho está na quinta colocação com 23 pontos, empatado com o Ypiranga/RS.

Na Copa do Brasil,  o Juventude passou por Tocantinópolis, Coritiba e Paysandu.

Melhores campanhas: O São Paulo chegou a final em 2001, mas perdeu para o Cruzeiro, enquanto o Juventude foi campeão em 1999.

Fluminense x Corinthians - (Ida: 31/08 e Volta: 21/09)

Talvez, o confronto mais equilibrado dessa fase. Mesmo com a distância na tabela do Brasileirão, o Corinthians é o terceiro colocado e o Fluminense é o oitavo, nas últimos jogos a equipe corintiana sofreu para pontuar, enquanto o Tricolor vem de quatro jogos sem derrotas no período.

Na história, as equipes se enfrentaram 77 vezes, com 29 vitórias para o Corinthians, 24 para o Fluminense e outro 24 empates. 

Na Copa do Brasil, as equipes se encontraram nas Quartas de Final em 2009, quando o Timão levou a melhor, com um empate em 2x2 no Maracanã e uma vitória por 1x0 no Pacaembu. 

O Corinthians chega na competição após ser eliminado nas Oitavas de final da Libertadores pelo Nacional, do Uruguai. 

Em contrapartida, o Fluminense eliminou o Tombense/MG, Ferroviária/SP e Ypiranga/RS para chegar nessa fase da competição.

Melhores campanhas: O Fluminense foi campeão em 2007, enquanto o Corinthians conquistou em 1995, 2002 e 2009.

Santos x Vasco - (Ida: 24/08 e Volta: 21/09)

Santos e Vasco, atuais campeões paulita e carioca, respectivamente, se enfrentam por uma vaga nas Quartas de final do certame. O Santos, que ocupa a quinta colocação no Brasileirão, tem a volta dos medalhistas de ouro, Gabigol, Zeca e Thiago Maia para ajudar o time na missão de avançar de fase. 

O Vasco, atual líder da Série B, vem embalado por está invicto contra equipes da Série A, nessa atual temporada.
O Vasco fez dez partidas contra times da Série A em 2016, e coleciona seis vitórias e quatro empates. No Carioca, foram oito jogos contra seus rivais, mas o time de Jorginho foi campeão invicto. Na Copa do Brasil, o adversário da terceira fase foi o Santa Cruz: empate em São Januário e vitória contundente no Arruda. 

Na Copa do Brasil, o Santos já eliminou o Santos/AP, Galvez/AC e o Gama/DF, enquanto o Vasco passou por Remo/PA, CRB/AL e Santa Cruz/PE.
Outro atrativo, é a volta de Nenê para Vila Belmiro após 13 anos. Depois de ser revelado pelo Paulista e atuar por Palmeiras e Santos, onde foi vice-campeão da Libertadores.

Melhores campanhas: O Vasco foi campeão em 2011 e o Santos levantou a taça um ano antes, em 2010.

Palmeiras x Botafogo/PB - (Ida: 31/08 e Volta: 22/09)

O confronto de maior discrepância técnica e financeira das Oitavas de final, Palmeiras e Botafogo/PB vão protagonizar um jogo de opostos nessa fase do torneio. 

Na história, o duelo só aconteceu uma vez, em 1977, quando o Palmeiras venceu o Botafogo por 2x0. 

Na Série A, o Palmeiras é o líder com 40 pontos, dois a mais que o vice-líder, e conta com a volta do campeão olímpico, Gabriel Jesus para reforçar seu setor de ataque.

O Verdão estreia na competição após cair ainda na primeira fase da Libertadores, enquanto o Botafogo/PB passou por Linense/SP, Ríver/PI e Ceará. 

Melhores campanhas: O Palmeiras é tricampeão do torneio (1998,2012 e 2015). O Botafogo/PB faz a sua melhor campanha no certame, pois o melhor que tinha feito foi chegar a segunda fase em 2011 e 2014.

Atlético/PR x Grêmio - (Ida: 24/08 e Volta: 21/09)

Atlético/PR e Grêmio devem fazer um jogo quente no frio do sul do país. As duas equipes brigam pela parte de cima da tabela do Brasileirão, mas o Furacão vem de três derrotas seguidas e acertou a saída do Walter, que foi para o Goiás. 

Na história, a vantagem é toda do Grêmio. Em 50 jogos, o Tricolor Gaúcho venceu 24, perdeu 11 e aconteceram outros 15 empates. 

Pela Copa do Brasil, o confronto é igual. Enquanto o time de Porto Alegre eliminou o Rubro-Negro em 1996, o Furacão vingou-se ao tirar o Grêmio da competição em 2013.

O Tricolor estreia na competição após cair nas oitavas de final da Libertadores, já o Atlético/PR eliminou o Brasil de Pelotas/RS, Dom Bosco e a Chapecoense.

Melhores campanhas: O Grêmio é o maior campeão da competição (ao lado do Cruzeiro) com quatro conquistas, em 1989, 1994, 1997 e 2001. O Atlético/PR chegou a final em 2013, mas foi superado pelo Flamengo.

Internacional x Fortaleza - (Ida: 31/08 e Volta: 22/09)

Dois times, duas divisões diferentes, mas uma situação muito parecida: crise. O Internacional chegou a figurar entre os líderes do Brasileirão, mas amarga uma sequência de 13 jogos sem vitória. Atualmente, a equipe ocupa a 15ª colocação com 23 pontos, o mesmo número de pontos do primeiro time da zona, o Vitória. 

O Fortaleza, atual bicampeão cearense, era líder com folgas da Série C, mas uma queda de rendimento fez com que a equipe saísse do G4 e a pressão da torcida aumentasse, pois esse é o oitavo ano seguido do Leão na terceira divisão.

Mesmo com a má fase, as equipes tentarão virar a chave para tentar avançar na competição.

Na história, as duas agremiações se cruzaram dez vezes, com cinco vitórias do Inter, três do Leão e mais três empates.

Pela Copa do Brasil, a vantagem é do Fortaleza. Em 2001, as duas equipes se cruzaram nas Oitavas de Final e o Leão levou a melhor. Após um 0x0 no Beira Rio, uma vitória por 1x0, no PV, classificou o Tricolor.

Melhores campanhas: O Internacional chegou na final em 2009, mas foi superado pelo Corinthians de Ronaldo. O Fortaleza só chegou até as Quartas de Final em 2001, ano que eliminou o Internacional.

Botafogo/RJ x Cruzeiro/MG (Ida: 01/09 e Volta: 21/09)

Botafogo e Cruzeiro brigam na parte de baixo da tabela do Brasileirão e veem na Copa do Brasil, a única forma de levantarem o troféu e garantirem vaga na Libertadores.

Após a saída de Ricardo Gomes, o Botafogo emplacou duas vitórias na Série A, saiu da zona e abriu três pontos dela. Após a chegada de Mano Meneses, o Cruzeiro reagiu na competição e saiu da zona de rebaixamento. Já são quatro jogos sem derrota, mas o perigo ainda é eminente. 

Na história, Cruzeiro e Botafogo se enfrentaram 63 vezes, com 26 vitórias da equipe Celeste, 16 do Glorioso e mais 19 empates. Pela Copa do Brasil, as equipes se encontraram em 2000, quando o Cruzeiro avançou de fase ao empatar em 0x0 no Rio e vencer por 3x2 no Mineirão. 

Mesmo com as equipes em uma zona incômoda na tabela, com os novos treinadores, a perspetiva é de melhora, por isso a Copa do Brasil é levada como prioridade para esse segundo semestre.

Melhores campanhas: O Cruzeiro é detentor de quatro conquistas, 1993;1996;2000 e 2003, assim o maior campeão da competição ao lado do Grêmio. Já o Botafogo, só chegou a final uma vez, quando perdeu para o Juventude, em 1999.

Atlético/MG x Ponte Preta (Ida: 24/08 e Volta: 21/09)

Talento x Regularidade, é assim que o confronto entre Atlético/MG e Ponte Preta é definido. Com um poderio financeiro muito maior, o Galo é recheado de craques e opções para que Marcelo Oliveira escale o time, enquanto a Ponte Preta tem um dos plantéis mais baratos da competição e vê em Eduardo Baptista a regularidade necessária para se manter bem no Brasileiro e fazer uma boa campanha na Copa do Brasil.

No Brasileirão, o Atlético/MG segue na caça ao líder Palmeiras, com apenas dois pontos de diferença, enquanto a Ponte Preta ocupa a sétima colocação. 

Na história, Galo e Macaca duelaram em 26 oportunidades, com 11 vitórias para os mineiros, 6 para os paulistas e mais 7 empates. 

Melhores campanhas: O Atlético/MG foi campeão em 2014 ao derrotar o Cruzeiro na sem-final. A Ponte Preta chegou até a semi-final, em 2001, até parar no Corinthians. 







 

22 agosto 2016

Série B: Seleção da 20ª rodada





GOLEIRO: Marcelo Rangel (Londrina) - 8,5

Com grandes defesas, Marcelo Rangel foi o principal nome do Londrina na vitória sobre o CRB. Fora de casa, o time paranaense optou por se defender e sair nos contra-ataques. Quando a defesa não dava conta, o arqueiro se encarregou de não deixar sua meta ser vazada. 

LATERAL-DIREITO: Raul Prata (Luverdense) - 8,0

Sempre seguro, Raul Prata fez uma grande partida contra o Joinville. Com uma assistência para o gol de Sérgio Motta, o ala vem se notabilizando por sua regularidade.

ZAGUEIRO: Gilvan (Paysandu) - 9,5

Contra seu ex-clube, Gilvan mostrou porque é considerado um zagueiro artilheiro. O defensor marcou os dois gols da vitória do Paysandu diante do Ceará, na Curuzu. Além dos gols, não deu espaço para o bom ataque alvinegro. 

ZAGUEIRO: Ferrón (Criciúma) - 9,0

Fora de casa, o Criciúma tinha a dura missão de parar o Náutico, mas com uma atuação segura de Ferrón, o Tigre pôde comemorar mais três pontos na Série B. Com várias intervenções, foi o melhor no quesito da rodada.

LATERAL-ESQUERDO: Paulinho (Londrina) - 8,5

No apagar das luzes, aos 50 minutos do segundo tempo, o lateral-esquerdo Paulinho fez o gol da vitória do Londrina frente ao CRB, em Alagoas. Além do gol, não deu espaço para as investidas do Galo.

VOLANTE: Michel (Atlético/GO) - 7,5

Ao lado do goleiro Kléver, o melhor jogador do Dragão na partida. Diante do Oeste, o volante fez muito bem a ligação entre defesa e ataque. Com passes e desarmes precisos, foi o morto do time. O gol do empate foi marcado por ele.

MEIA: Léo Lima (Goiás) - 8,0

Muito criticado pela torcida, o experiente Léo Lima deu uma resposta aos críticos. Goiás e Tupi empatavam em 1x1 até aos 45 minutos da segunda etapa, mas o meia apareceu para decidir. Com um gol de cabeça, deu importantes três pontos na luta para sair da zona da degola.

MEIA: Felipe Garcia (Brasil de Pelotas) - 8,0

O melhor jogador do Xavante na Série B, é assim que Felipe Garcia vem colocando seu nome no cenário nacional. Contra o Paraná, o meia fez um gol e participou dos principais lances de ataque do Brasil de Pelotas.

ATACANTE: Eliandro (Bragantino) - 8,5 

Com um gol e uma assistência, Eliandro foi o jogador mais importante do Bragantino no empate por 2x2 diante do Vila Nova.

ATACANTE: Hernane Brocador (Bahia) - 8,5

Com seu faro de gol apurado, Hernane marcou mais um gol pelo Bahia. Contra o Avaí, o Brocador infernizou a zaga catarinense e foi muito importante na vitória por 3x0, fora de casa.

ATACANTE: Pimentinha (Sampaio Corrêa) - 7,0

O duelo era entre o líder da competição e o lanterna, mas quem deu as cartas no jogo foi o Sampaio Corrêa. Comandado por Pimentinha, a Bolívia Queria teve inúmeras chances de marcar, mas pecou na finalização. 

TÉCNICO: Guto Ferreira (Bahia) - 8,5

Após muitas críticas com um início de trabalho ruim, parece que Guto Ferreira acertou a mão na equipe. Um 3x0 contundente, fora de casa, contra o Avaí dá margens de confiança ao trabalho do "Gordiola". 

19 agosto 2016

Série B: Seleção da 19ª rodada




GOLEIRO: Felipe Alves (Oeste)

Diante do Náutico, mesmo dentro de casa, o Oeste foi pressionado, mas Felipe Alves fez uma grande partida. Com cinco intervenções importantes, o arqueiro foi o melhor goleiro da rodada.

LATERAL-DIREITO: Roniery (Paysandu)

Uma vitória maiúscula do Paysandu diante do Criciúma, fora de casa, por 3x0. Com Roniery sendo o principal desafogo pelo lado direito, o Papão cresceu muito na partida com sua velocidade.

ZAGUEIRO: Leandro Camilo (Brasil de Pelotas)

Com dois gols, o zagueiro foi o principal nome da equipe gaúcha na vitória por 3x0 frente ao Avaí. Seguro na defesa e letal no ataque, essa foi a tônica de Leandro Camilo na partida.

ZAGUEIRO: Luizão (Londrina)

Contra o Bragantino, o Londrina não tomou sustos, principalmente pela segurança de Luizão. Muito eficaz pelo alto, o defensor segurou o ataque dos paulistas para sair com a vitória por 2x0. O zagueiro ainda marcou um gol.

LATERAL-ESQUERDO: Marlon (Brasil de Pelotas)

Na grande vitória contra o Avaí, o lateral foi nome essencial na construção de jogadas. Sem sustos na defesa, o ala teve liberdade para chegar ao ataque com frequência.

VOLANTE: Lucas (Paysandu)

Contra o Criciúma, o volante foi muito bem, inclusive marcando um gol. Muito bem nos desarmes, anulou as principais tentativas do Tigre.

VOLANTE: Richardson (Ceará)

Diante de mais de 56 mil pessoas, Ceará e Vasco empataram em 0x0. Na cola de Nenê, Richardson não deixou o meia jogar e mostrou porque é o atleta que mais desarma na Série B. 

MEIA: Felipe Garcia (Brasil de Pelotas)

O principal jogador do Xavante no primeiro turno, Felipe fez uma grande partida diante do Avaí. Com duas assistências, o meia foi o principal nome na partida que deu a quinta colocação para o time gaúcho.

MEIA: Jorginho (Atlético/GO)

Diante do Bahia, fora de casa, o meia Jorginho articulou as principais jogadas do Dragão. Com o gol marcado, deu um ponto importante na luta pelo acesso.

ATACANTE: Ramon (Brasil de Pelotas)

Se movimentando muito, o atacante do Xavante incomodou durante toda a partida a defesa do Avaí. Sem posição fixa, teve liberdade para flutuar entre as linhas e foi assim que marcou um gol na partida. 

TÉCNICO: Rogerinho Gameleira (Paysandu)

Mesmo interino, o treinador conseguiu colocar algumas coisas da sua filosofia na equipe. Compacta e letal nos contra-ataques, o Papão venceu e convenceu diante do Criciúma. 

08 agosto 2016

Com Lulinha no comando, a Seleção deu vexame no Pan do Rio em 2007




Após nove anos, uma grande competição volta a cidade do Rio de Janeiro. Em 2007, a competição foi muito bem aceita e executada, assim abrindo brechas para as Olimpíadas, o que aconteceu.

A medalha de ouro olímpica é uma obsessão para o futebol brasileiro, mas o começo do torneio olímpico não é nada animador. 


Lulinha era a grande estrela do fracasso no Pan de 2007.


Sem grandes seleções, a medalha de ouro no Rio era obrigatória, principalmente pelo título sul-americano conquistado meses antes.

O regulamento do torneio masculino de futebol dos Jogos Pan-Americanos determina que cada país participante pode inscrever até três reforços com idade superior a 20 anos.

O nome de Romário, que tinha acabado de marcar seu milésimo gol, era especulado com um dos jogadores acima dos 23 anos, mas não foi concretizado devido a uma mudança no regulamento.

A Confederação Sul-Americana (CSF), no entanto, determinou que os países da região disputem o torneio com suas seleções sub-17.


Dessa forma, grande parte do elenco campeão continental foi mantido em busca do título.

Lista de Convocados: 

Goleiros: Marcelo (Flamengo) e Renan Ribeiro (Atlético Mineiro).

Zagueiros: Átila (Corinthians); Lázaro Martins (Atlético/MG); Forster (Internacional) e Lucas (Flamengo).

Laterais: Rafael (Fluminense); Fabio (Fluminense) e Bruno Collaço (Grêmio).

Meias: Felipe Bastos (Botafogo); Choco (Atlético/PR); Tales (Internacional); Lulinha (Corinthians) e Tiago (Grêmio).

Atacantes: Giuliano (Paraná Clube); Júnior (Botafogo); Maicon (Fluminense) e Alex Teixeira (Vasco da Gama).


Enquanto a Seleção feminina conquistou o ouro sem muitas dificuldades, os homens passaram por maus bocados e foram eliminados ainda na primeira fase.

Diante de Honduras, Lulinha marcou três vezes e deu a vitória na estreia. Na segunda rodada, Maicon e Alex Teixeira marcaram os gols da vitória por 2x0 frente a Costa Rica, mas como apenas um se classificava para a próxima fase, a liderança do grupo foi disputada com o Equador, que acabou eliminando a Seleção Brasileira ao vencer por 4x2.

O mesmo Equador que levou o ouro para casa.

Onde estão ?

Marcelo: Gama/DF
Renan: São Paulo/SP


Átila: SC Brühl - Suíça
Lázaro Martins- Manama Club - Bahrein 
Forster - Zorya - Ucrânia
Lucas - Sem clube

Rafael: Lyon - França
Fábio: Cardiff City - País de Gales
Bruno Collaço - Sochaux - França

Felipe Bastos - Baniyas - Emirados Árabes Unidos
Choco - CRAC/GO
Tales - Al Yarmouk - Kuwait 
Lulinha - Pohang Steelers - Coreia do Sul
Tiago - América de Natal/RN

Giuliano - Zenit - Rússia
Júnior - Duque de Caixas/RJ
Maicon - Lokomotiv Moscou - Rússia
Alex Teixeira - Jiangsu Suning - China
















Cristiane, a maior artilheira em Olimpíadas

A Seleção Brasileira feminina não é só Marta e Formiga, tem outros ótimos valores, como a artilheira Cristiane, que desde os 15 anos se dedica a vestir a camisa de seu país. 

Desde 2003 vestindo a camisa da Seleção principal, Cristiane se notabilizou pelo faro de gol e por se doar ao máximo com a equipe. 

Após atuar em times de São Paulo, incluindo a Juventus, no início da carreira, foi jogar na Alemanha, onde atuou pelos times FFC Turbine Potsdam e VfL Wolfsburg. Depois disso, atuou por Corinthians, São José, Centro Olímpico, Santos, até chegar ao PSG.

Nessa temporada, marcou 12 gols em 15 jogos.



Com a camisa da Seleção, Cristiane tem 115 partidas e marcou 75 gols, além de ter faturado dois Pan-americanos (Rio em 2007 e Toronto 2015) e outros títulos. 

Entretanto, os maiores objetivos são dois títulos que já passaram perto: Copa do Mundo e Olimpíadas. Com duas medalhas de prata (2004 e 2008) e um vice do Mundial, Cristiane chega em sua melhor forma para ajudar o Brasil em busca desse título inédito.

Enquanto a Seleção Masculina passa por maus bocados nas Olimpíadas, as meninas vencem e convencem. Diante da forte Suécia, uma goleada por 5x1, com dois gols de Marta, mas o que ficou marcado foi a pintura de letra de Cristiane e seu recorde histórico. Ela é a maior goleadora da história do futebol olímpico, com 14 gols marcados.

Com o gol marcado  contra a Suécia, Cristiane chegou a 14 em 15 jogos em quatro edições das Olimpíadas e passou a ser a recordista da modalidade incluindo os homens - ela já era a artilheira das mulheres. O recorde masculino pertencia ao dinamarquês Sophus Nielsen, autor de 13 em 1908 e 1912.

Cristiane foi duas vezes artilheira dos Jogos Olímpicos, em Atenas-2004 e Pequim-2008, ambas com cinco gols marcados. Em Londres-2012, foram outros dois e até o presente momento nos Jogos do Rio, mais dois, nas partidas entre China e Suécia.

A brasileira também é dona de outra marca histórica, a jogadora mais nova a marcar gols no torneio de futebol feminino dos Jogos, aos 19 anos em jogo contra a Grécia em 2004.



04 agosto 2016

O despertar de Marlon no Barcelona

Marlon Barcelona Leicester (Foto: AFP)


Desde as categorias de base, o zagueiro Marlon, do Fluminense, era tido como joia que resultaria em um grande zagueiro, assim como Thiago Silva.

Desde o sub-15, frequentou as seleções de base e era tido como o melhor zagueiro juvenil do Brasil, mas as coisas mudaram após uma má fase com a amarelinha e no Fluminense. 

Na Seleção, era tido como peça fundamental do projeto olímpico, mas foi sacado e nunca mais apareceu entre os convocados, até ficar de fora das Olimpíadas. 

Com a camisa do Fluminense, assim que subiu para o profissional, se tornou titular absoluto, mas com várias falhas, foi sacado do time e só entrou em alguns jogos devido a contusão de algum titular. 

O "Novo Thiago Silva" busca novos ares e a chance de uma retomada em sua carreira. No Barcelona, irá jogar no segundo esquadrão e se for bem, ganhará uma chance de ser integrado ao elenco principal. 

Após agradar a Luis Enrique nos treinos, o zagueiro Marlon ganhou uma oportunidade do técnico e atuou durante o segundo tempo da partida diante do Celtic, vencida por 3x1 pelo clube catalão.

Na sua segunda oportunidade, o defensor foi titular diante do campeão inglês, Leicester City, e não decepcionou. Durante os primeiros 45 minutos, o zagueiro foi seguro e não deu oportunidades para Vardy, Mahrez e companhia. Com a boa atuação, a imprensa espanhola já deu seus "piti" e comparou o brasileiro com um ídolo do clube, Puyol.

Com a saída de Bartra para o Borussia Dortmund, a eterna contusão de Vermaelen e a limitação de Mathieu, Marlon pode ganhar mais oportunidades mais cedo que pense. 

Ainda é MUITO CEDO para afirmar que Marlon recuperará seu futebol, mas é uma chance, como Casemiro no Real Madrid, de entrar para um grande clube sem muito alarde e virar uma peça importante. 

Olimpíadas Rio 2016: Grupo D

Giovanni Simeone e Angel Correa são as principais atrações da nova geração argentina


Grupo D

Argentina:  Os argentinos são os favoritos do grupo para conquistar uma das vagas para a próxima fase da competição. Mesmo sem poder contar com Paulo Dybala (Juventus-ITA), que não liberado pelo clube italiano, Lionel Messi, que declarou aposentadoria da seleção principal, e por consequência da olímpica, e de Di Maria, que também não foi liberado pelo PSG, resta a Angel Correa (Atlético de Madrid-ESP), Giovanni Simeone (River Plate-ARG) e Jonathan Calleri (West HAm-ING) levarem a talentosa geração ao ouro no Rio 2016.

Lista Completa



Portugal:  A ausência de Cristiano Ronaldo é um fator que o time português terá que superar, o atacante, capitão e ídolo do país pediu dispensa após mais uma temporada de sucesso com o Real Madrid e com a seleção principal, o gajo recebeu o merecido descanso e a seleção olímpica um desfalque considerável. O meio campista André (Sporting - POR), é quem deverá ter a missão de levar os portugueses ao ouro olímpico, missão das mais difíceis.

Lista Completa



Honduras: A seleção hondurenha e composta quase toda por jogadores que atuam no próprio país, apenas Antony Lozano (Tenerife - ESP) e Elder Torres (Real Salt Lake –USA) atuando “longe de casa”.

Lista Completa



Argélia: Os argelinos sofreram para montar um time forte para a competição, nomes como:  Yacine Brahimi (Porto - POR), Islam Slimani (Sporting Lisboa - POR) e Riyad Mahrez (Leicester - ING) foram previamente negados por seus clubes e não poderão reforçar o país na disputa dos jogos.


Lista Completa


03 agosto 2016

MC Charles e o funk do Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo tem sido 'imortalizado' em vida das mais variadas formas. Em cera, em bronze e na música! O criador do funk que tem mais de 2 milhões de visualizações é o MC Charles, um brasileiro que, como tantos outros milhões de adeptos do futebol, é fascinado pelo capitão da seleção portuguesa.



Garoto humilde e sonhador, sempre esteve ligado ao futebol, principalmente quando morava no Rio de Janeiro, pois jogava nas categorias de base do Friburguense, time do subúrbio da Cidade Maravilhosa. 

Em Fortaleza, passou a admirar o Ceará Sporting Club e aumentar sua admiração pelo astro Cristiano Ronaldo.

Nas peladas pela capital cearense, o jovem MC recebeu o apelido de 'CN7' em referência ao português.

Confira no bate-papo com o MC Charles

Arena 303: Como iniciou sua carreira na música ? Sempre quis ser MC ou cantava outros gêneros ? E como iniciou sua ligação com o futebol ?

MC Charles: Na realidade, nunca quis ser MC ou cantor de outro gênero. Sempre quis ser jogador de futebol e sempre busquei realizar esse sonho. Comecei a treinar no Laranjais FC, do Rio, depois fui para o Friburguense e lá disputei o Campeonato Carioca sub-17 e foi por lá que me apaixonei pelo Funk, pois a resenha da galera sempre foi regada ao batidão. Uma certa vez, no trabalho da escola tinhamos  que apresentar paródia, em qualquer ritmo, assim eu e uns amigos fizemos no Funk. Fomos  tão bem, que desde então eu comecei a rimar e não parei mais. Era rima nas viagens, concentração e isso ficou marcado. 
Quando voltei para o Ceará, comecei a trabalhar profissionalmente, principalmente em festas de torcidas organizadas. 


Arena 303: Você jogava em qual posição e porque, você acha, que não deu certo no futebol ?

MC Charles: Eu jogava no ataque, era fazedor de gols. Na minha opinião, acho que faltou comprometimento da minha parte. Não tinha muita responsabilidade e nem me cuidava muito. Hoje. meu amigo Siloé, ex-Ceará e Internacional. está no mundo do futebol e se deu, relativamente, bem. Nós fomos criados juntos e treinávamos juntos, até eu ir morar no Rio. É uma frustração não ter virado jogador, mas não era pra acontecer.

Arena 303: Como foi a ideia de criar o funk do CR7 ?

MC Charles: Eu já era muito fã do Ronaldo e do nada, veio uma ideia de compor uma música ao corte de letra dele, que é muito famoso, principalmente naquele golaço contra o Galatasaray. Na hora da criação, eu fui jogando seus pontos fortes e o que ele conquistou na carreira.

Arena 303: Você esperava todo esse sucesso e até uma grande repercussão mundial ?

MC Charles: Para começar. eu nem esperava que alguém iria gostar, mas depois que o Lucas, dono da página Cristiano Ronaldo - O Lendário, pegou a música e fez um vídeo, vários veículos de comunicação começaram a compartilhar ou usar em alguns vídeos: Esporte Interativo, desimpedidos e você do Arena 303 (haha). O sucesso foi instantâneo e deve muito ao Lucas, onde nós conseguimos mais de 2 milhões de visualizações e na nova música está chegando nessa marca. 

Arena 303: O que isso representou e melhorou na sua carreira ?

MC Charles:  Representou o amor que tenho pelo futebol e a junção com a música. Muitas músicas minhas são de futebol, com isso recebi muitos seguidores, até fãs em Portugal, Austrália, Angola e outros países eu consegui. Participei de entrevistas na Austrália e minha música rodou em vários programas de Portugal. Muita gente me  parabeniza e quer ver me show. 

Arena 303: Quais os novos rumos da sua carreira ? Pretende investir no funk tradicional ou seguir uma carreira de "funk futebol" ? Pensa em criar uma batalha de rimas sobre futebol no Youtube ou algo desse tipo ?

MC Charles: Eu quero sempre mexer com os sonhos das pessoas, quero motivar o menino que sonha em ser jogador ou outro esporte , Quero fazer o "Funk do Bem" , pois o  nosso Funk está em decadência. Pretendo fazer vídeos clipes para alavancar minha carreira, pois sabemos que a internet é uma ótima fonte, além do YouTube ser uma boa fonte de renda.  Quem sabe, se eu achar um MC, poderíamos lançar um canal fazendo rimas, músicas e batalhas de rap sobre futebol. como tinha no desimpedidos. 

Arena 303: Para encerrar, manda um recado para os nossos leitores e para quem é seu fã.

MC Charles: Obrigado! Só tenho a agradecer quem me segue e curte meu trabalho. Os fãs são o meu combustível para buscar sempre mais. Obrigado ao Lucas, da página Cristiano Ronaldo - O Legendário e para vocês por ter me dado esse espaço.

REDES SOCIAIS

Facebook: MC Charles 
Instagram: mccharles7

VÍDEO


Funk do Cristiano Ronaldo




Olimpíadas Rio 2016: Grupo C

Os irmãos Bender são as caras mais conhecidas da Alemanha em busca do ouro olímpico 

Grupo C

Alemanha: Os alemães chegam ao Rio 2016 depois de vinte e oito anos sem participar do torneio de futebol dos jogos olímpicos. O treinador Horst Hrubesch preferiu levar apenas dois nomes acima dos 23 anos, os irmãos Lars e Sven Bender integram a lista com a maioria dos atletas disputando a Bundesliga, e a chance  de formar uma equipe competitiva é muita grande, já que o time conta com nomes como Leon Goretzka e Max Meyer (meio-campistas do Schalke 04), e o goleiro Timo Horn (FC Colônia).

Lista Completa



México: Atual vencedor do torneio de futebol olímpico, o México chega ao Brasil para defender a medalha de ouro conquistada em Londres 2012. O experiente Oribe Peralta (atacante do América-MEX), autor dos dois gols na final contra o Brasil em Londres 2016 é a principal atração da equipe mexicana, além dele, o goleiro Alfredo Talavera (Toluca) chega para compor o grupo.

Lista Completa



Fiji: Será a primeira participação olímpica do país. A classificação começou com uma vitória simples contra Micronesia por 38-0 e terminou com uma vitória nos pênaltis contra Vanuatu. Todos os jogadores da lista jogam no campeonato de Fiji, exceto Roy Krishna (Wellington Phoenix- NZL).

Lista Completa



Coreia do Sul: Levará sua melhor equipe, incluindo os experientes: Heung-Min (atacante do Tottenham), Suk Hyun-Jun (atacante do Porto) e Jang Hyun-Soo (zagueiro do Guangzhou).

Lista Completa



c