Blogroll

               

08 agosto 2016

Cristiane, a maior artilheira em Olimpíadas

A Seleção Brasileira feminina não é só Marta e Formiga, tem outros ótimos valores, como a artilheira Cristiane, que desde os 15 anos se dedica a vestir a camisa de seu país. 

Desde 2003 vestindo a camisa da Seleção principal, Cristiane se notabilizou pelo faro de gol e por se doar ao máximo com a equipe. 

Após atuar em times de São Paulo, incluindo a Juventus, no início da carreira, foi jogar na Alemanha, onde atuou pelos times FFC Turbine Potsdam e VfL Wolfsburg. Depois disso, atuou por Corinthians, São José, Centro Olímpico, Santos, até chegar ao PSG.

Nessa temporada, marcou 12 gols em 15 jogos.



Com a camisa da Seleção, Cristiane tem 115 partidas e marcou 75 gols, além de ter faturado dois Pan-americanos (Rio em 2007 e Toronto 2015) e outros títulos. 

Entretanto, os maiores objetivos são dois títulos que já passaram perto: Copa do Mundo e Olimpíadas. Com duas medalhas de prata (2004 e 2008) e um vice do Mundial, Cristiane chega em sua melhor forma para ajudar o Brasil em busca desse título inédito.

Enquanto a Seleção Masculina passa por maus bocados nas Olimpíadas, as meninas vencem e convencem. Diante da forte Suécia, uma goleada por 5x1, com dois gols de Marta, mas o que ficou marcado foi a pintura de letra de Cristiane e seu recorde histórico. Ela é a maior goleadora da história do futebol olímpico, com 14 gols marcados.

Com o gol marcado  contra a Suécia, Cristiane chegou a 14 em 15 jogos em quatro edições das Olimpíadas e passou a ser a recordista da modalidade incluindo os homens - ela já era a artilheira das mulheres. O recorde masculino pertencia ao dinamarquês Sophus Nielsen, autor de 13 em 1908 e 1912.

Cristiane foi duas vezes artilheira dos Jogos Olímpicos, em Atenas-2004 e Pequim-2008, ambas com cinco gols marcados. Em Londres-2012, foram outros dois e até o presente momento nos Jogos do Rio, mais dois, nas partidas entre China e Suécia.

A brasileira também é dona de outra marca histórica, a jogadora mais nova a marcar gols no torneio de futebol feminino dos Jogos, aos 19 anos em jogo contra a Grécia em 2004.



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

c