Blogroll

               

19 agosto 2016

Série B: Seleção da 19ª rodada




GOLEIRO: Felipe Alves (Oeste)

Diante do Náutico, mesmo dentro de casa, o Oeste foi pressionado, mas Felipe Alves fez uma grande partida. Com cinco intervenções importantes, o arqueiro foi o melhor goleiro da rodada.

LATERAL-DIREITO: Roniery (Paysandu)

Uma vitória maiúscula do Paysandu diante do Criciúma, fora de casa, por 3x0. Com Roniery sendo o principal desafogo pelo lado direito, o Papão cresceu muito na partida com sua velocidade.

ZAGUEIRO: Leandro Camilo (Brasil de Pelotas)

Com dois gols, o zagueiro foi o principal nome da equipe gaúcha na vitória por 3x0 frente ao Avaí. Seguro na defesa e letal no ataque, essa foi a tônica de Leandro Camilo na partida.

ZAGUEIRO: Luizão (Londrina)

Contra o Bragantino, o Londrina não tomou sustos, principalmente pela segurança de Luizão. Muito eficaz pelo alto, o defensor segurou o ataque dos paulistas para sair com a vitória por 2x0. O zagueiro ainda marcou um gol.

LATERAL-ESQUERDO: Marlon (Brasil de Pelotas)

Na grande vitória contra o Avaí, o lateral foi nome essencial na construção de jogadas. Sem sustos na defesa, o ala teve liberdade para chegar ao ataque com frequência.

VOLANTE: Lucas (Paysandu)

Contra o Criciúma, o volante foi muito bem, inclusive marcando um gol. Muito bem nos desarmes, anulou as principais tentativas do Tigre.

VOLANTE: Richardson (Ceará)

Diante de mais de 56 mil pessoas, Ceará e Vasco empataram em 0x0. Na cola de Nenê, Richardson não deixou o meia jogar e mostrou porque é o atleta que mais desarma na Série B. 

MEIA: Felipe Garcia (Brasil de Pelotas)

O principal jogador do Xavante no primeiro turno, Felipe fez uma grande partida diante do Avaí. Com duas assistências, o meia foi o principal nome na partida que deu a quinta colocação para o time gaúcho.

MEIA: Jorginho (Atlético/GO)

Diante do Bahia, fora de casa, o meia Jorginho articulou as principais jogadas do Dragão. Com o gol marcado, deu um ponto importante na luta pelo acesso.

ATACANTE: Ramon (Brasil de Pelotas)

Se movimentando muito, o atacante do Xavante incomodou durante toda a partida a defesa do Avaí. Sem posição fixa, teve liberdade para flutuar entre as linhas e foi assim que marcou um gol na partida. 

TÉCNICO: Rogerinho Gameleira (Paysandu)

Mesmo interino, o treinador conseguiu colocar algumas coisas da sua filosofia na equipe. Compacta e letal nos contra-ataques, o Papão venceu e convenceu diante do Criciúma. 

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

c