Blogroll

               

16 março 2017

Millwall: Quem são seus torcedores

No último domingo (12), Tottenham e Millwall disputaram a partida para quem iria seguir para as semifinais da FA CUP. Os gols de Eriksen, Son (3), Dele Alli e Janssen não foram só os maiores destaques do dia.

O pré-jogo também foi marcado pela briga entre os hooligans das duas equipes fora do estádio. Dentro de campo, os Spurs massacraram o adversário pelo placar de 6 a 0, mas fora dele, ambos os times deixaram muito a desejar.

Apesar de o Millwall estar atualmente na terceira divisão do campeonato inglês, seus torcedores vão além do fanatismo e brigam contra qualquer um que estiver a sua frente, seja ele grande ou não.

Fundado em 1885 por trabalhadores da fábrica de geleias JT Morton, os Lions, apelido dado à instituição esportiva, é uma das torcidas mais violentas do país, “disputando território” com o West Ham, seu maior rival.

Segundo a mídia na Inglaterra, o Millwall chega a ser a torcida mais violenta da “Terra da Rainha”, e uma das cinco mais violentas do mundo. O lema dos Buschwackers, grupo hooligan desta equipe é “ninguém gosta de nós,  nós não gostamos de ninguém”.

O hooliganismo destes indivíduos chega a ser extremo, e com isso citaremos outros casos de briga e tumultuo dos Buschwackers.





1978- Millwall vs Ipswich Town.

O confronto era por mais uma partida da FA Cup daquele ano. Os dois times jogaram no antigo The Den, casa do Milllwall. As brigas se espalharam ao redor do estádio antes do apito do árbitro. Torcedores da equipe visitante foram encurralados sob um ataque de torcedores do Milwall, que atiravam tijolos e pedras. Barras de ferro e garrafas também foram usadas pelos mesmos, que não contentes por brigarem nas arquibancadas, acabaram indo também para o campo. Discussões a parte, o Ipswich venceu a partida por 6 a 1.






1985 – Luton Town vs Millwall.

Desta vez os Lions jogavam fora de casa, também pela FA Cup. A partida foi suspensa pelo árbitro David Hutchison, devido à violência entre os torcedores de ambas as equipes no local. Insatisfeitos, os hooligans ficaram mais enfurecidos e invadiram o campo, quebrando vários assentos. Ao todo foram 81 pessoas levadas para o hospital.



2002 – Millwall vs Birmingham City.

A revolta dos torcedores do Millwall aconteceu em 2002, por uma partida válida nas semifinais dos play-offs de acesso à Premier League. Dentro do New Den, os Lions perderam por 1 a 0 do Birmingham e foram eliminados, depois de empatar na partida anterior contra os mesmos por 1 a 1. Descontrolados, os Buschwackers foram às ruas e confrontaram com os policias, utilizando tijolos, pedras e outros objetos que viam pela frente. Sete prisões foram registradas, além de incêndios e edifícios vizinhos danificados.

2009 – West Ham vs Millwall.

A rivalidade entre Buschwackers e Inter City Firm teve mais um caso de violência na Inglaterra. Por um jogo válido da Copa da Liga Inglesa, os dois rivais brigaram dentro e fora do campo, ultrapassando totalmente os limites que os policiais os deram para o jogo daquele dia. O West Ham ganhou o jogo, por 3 a 1.





Por mais que o Millwall Football Club não seja um time de “primeira”, seus fãs mostram que a divisão onde os Lions estão atualmente não tem relevância com o amor que eles sentem pelo clube. Seja grande ou não, os caras são fanáticos. 

Feito por: Robson Mateus 

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

c